"Todos somos espinhos em potencial, apenas exalamos perfume para disfarçar."



sábado, 14 de maio de 2011

Quando Criança...


Hoje queria pensar sobre nosso tempo. Antes o dia durava mais, lembro dos meus finais de semana na infância, e todas as aventuras e seres que eu podia ser em apenas dois dias, que me davam tanto prazer, que a semana voava e eu tinha toda aquela realidade benfazeja novamente.

Com o passar dos anos, fui adquirindo responsabilidades, não tão pesadas quanto algumas de pessoas da mesma idade.. mas que a mim pesam, responsabilidades com a minha vida, com minha evolução quanto homem, quanto as minhas experiências pessoais e acima de tudo, com meu conhecimento.

Quando somos pequenos, temos sonhos que desconhecem impossibilidades, fantasias, e ir a lua, é dobrar a esquina. Quando crianças conseguimos ver tudo claramente, solucionar problemas, matar vilões, salvar as mocinhas, ser quem queremos. Quando crescemos e aprendemos a escrever nossos contos de fábulas, as coisas parecem que perdem o brilho.. não queremos mais matar vilões, guardamos os bonecos para nossos filhos e queremos as mocinhas não para defendê-las, mas para tê-las para si.

Quando era criança, apesar de todo dia longo, sempre havia tempo para brincar. Quando cresci, o tempo não mudou, minhas obrigações sim.. as brincadeiras são outras, os amigos.. alguns, até são os mesmos, mas o papo é outro. Nostálgicas lembranças que são fontes de comparação.. nosso tempo era o mesmo, mas sempre havia tempo para tudo.. hoje nunca há tempo para nada. Cada dia parado é um dia perdido, cada chance perdida pode não voltar atrás, cada caminho trocado pode levar a um destino.

Lindas são as crianças que ao mudarem de personagem, ainda que em imaginação, esquecem os males do mundo, esquecem as dificuldades, os problemas, pouco se importam com um dia cheio de estudo.. se no fim, forem ter dez ou quinze longos minutos de brincadeira ou desenho animado.

As pessoas queixam-se de outras que aparentam ser crianças grandes, entendo que algumas atitudes devem ser de acordo com as idades e tudo tem sua fase, mas se todos tivéssemos um pouco de criança dentro de si, acho que o mundo não seria tão mal, tão ríspido, etiqueta e o bom dia por educação, não seria estereótipos de uma sociedade hierarquizada.

Concluo.. meu tempo é o mesmo, minhas obrigações certamente não. Mas meu desejo de felicidade, de ver o mundo sempre bem e todo o lado bom de ser criança, ainda mora no meu coração. As pessoas se corrompem e ficam burras, em uma busca por um conhecimento mal definido no fim das contas, mas eu, acima de tudo, sou um adulto que sonha como criança, pois já que são sonhos, não me peça para por os pés no chão.

6 comentários:

  1. Belas palavras!
    Um bom final de semana pra ti!

    ResponderExcluir
  2. Guilherme,

    Tive uma infância maravilhosa, que por vezes fecho os olhos e me permito voltar à ela, mesmo que em pensamentos e lembranças...Que tempo bom esse, tempo de quando se é criança e tudo é um faz de conta.
    Sabe ainda guardo muito do menino que fui, pois é isso que me salva, quando o adulto que sou precisa renovar as esperanças para seguir em frente.
    Como vc tbm sou um adulto que sonha como criança, gosto de ter a síndrome de Peter Pan.
    Muito bacana seu blog.
    Abração!
    Gê!

    ResponderExcluir
  3. Olá Guilherme!

    Adorei seu texto, é como se você estivesse no meu pensamento, nossa essa é minha visão exata de como o tempo passa, e muito se transforma, se modifica: Pessoas, responsabilidades, "pesos e medidas" rsrs

    Adorei seu Blog, você é muito inteligente em suas palavras, estou te seguindo e daqui não saio mais :)
    Beijos Lunáticos para ti :**

    ResponderExcluir
  4. que lindo! Nós temos o privilegio de termos uma infância sadia. Assistindo TvCruj e etc kkkk
    o que as crianças de hj sabem sobre infância?
    E por essa infância bem tida, você não perdeu a sua essência. É o que vale.

    beeijos

    ResponderExcluir
  5. " ...mas eu, acima de tudo, sou um adulto que sonha como criança, pois já que são sonhos, não me peça para por os pés no chão. "

    Belo texto '
    Boa semana, fique com Deus '

    ResponderExcluir