"Todos somos espinhos em potencial, apenas exalamos perfume para disfarçar."



domingo, 21 de novembro de 2010

Detalhes




Por diversas vezes nos flagramos precisando de algo que não sabe definir. É um vazio estranho, uma sensação confusa, um estar perfeito mas não totalmente. Sabe as horas que o coração clama por um amor? É quase uma necessidade, uma maneira de continuar vivendo. Em meio a tantos filmes de amor, sejam eles ficção ou da vida real, casais em parques, beijos de bom dia e abraços de boa noite.. toda magia do cinema dos apaixonados, todo calor da companhia de alguém que te chame de meu.. a alegria de receber uma carta, um email ou um "sms" com uma frase tão insignificante, mas que te tira aquele sorriso de canto de boca, meio indiscreto, espontâneo e que sai do fundo do ser. É como aquele abraço de uma pessoa que a anos tu não vê mas que foi importante em alguma fase da vida, ou alguma conquista muito desejada. É uma busca incessante por todos os locais que o dia nos levar. O bom é saber que esse amor está ao lado, só precisa se fazer enxergar melhor, para daí por diante começar todo romantismo exacerbado dos filmes de amor.

15 comentários:

  1. As vezes é bom ter alguém pra amar, pra não se sentir tão só e vazio. Apesar dos pesares, amor é sempre a melhor saída.
    Escrevi sobre isso no meu último texto, entendo bem o que tu tá sentindo. =)

    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. "Sabe as horas que o coração clama por um amor? É quase uma necessidade, uma maneira de continuar vivendo."

    Há muitas pessoas que entendem essa frase perfeitamente, o lance da necessidade. Mas e se essa necessidade não puder ser saciada por um motivo que vai além da sua capacidade pra solucioná-lo?
    Em grande parte, essa necessidade não pode ser saciada porque não há alguém que queira saciar ela juntamente com você.

    Tu escreve muito bem cara, parabéns!
    Abraço'

    ResponderExcluir
  3. Guilherme, após sua visita no meu blog, vim aqui algumas vezes, porém com falta de tempo nunca comentei...
    Esse texto chamou bastante minha atenção, afinal entendo como é esse vazio, essa necessidade e ao mesmo tempo a saudade [no meu caso] ou a sede de uma 'história de amor' na própria vida. Como tudo na vida, o amor tem seu lado bom e ruim, e o lado bom é inesquecível, saudável, 'perfeito'...
    Por isso digo sempre, "quando estamos apaixonados, devemos aproveitar cada momento como se fosse o último, afinal não sabemos até quando perdurará..."

    Ao mais guilherme, parabéns.. Adorei seu Blog =}

    ResponderExcluir
  4. Texto perfeito...
    Descreve perfeitamente o momento que estou passando...
    Não sei nem o que dizer...
    Muito bom mesmo!

    Beijos,
    Marcella.

    ResponderExcluir
  5. Entendo perfeitamento, sinto tambem.
    Mas certas vezes essa cegueira de não enxergar o que você diz que está ao lado é tão intensa, não? Sou(estou) cega demais.

    Belo texto, Gui!
    Boa semana pra você :*

    ResponderExcluir
  6. guilherme... tem presente pra vc lá no eternizado...
    Corre lá...

    Abrçs

    ResponderExcluir
  7. O pior é quando vc percebe que o amor sempre esteve ao seu lado (há anos) e quando falta uma semana pra tudo acabar voce o reconhece.

    Gui eu nao esqueci da minha agenda nao.
    é que eu tava em prova e tô bem ferrada na escola entao nem tava entrando.
    bjos - saudade

    ResponderExcluir
  8. HAHAHAHA nao tá rolando nada não... é só o meu Eu-poético rs

    ResponderExcluir
  9. Háá... e essa espera, em?

    Mas, por experiência própria, digo que é recompensador. Se está demorando pra acontecer é porquê não foram dadas oportunidades para os falsos amores.

    Que ele seja intenso do começo ao infinito.!

    Fique bem, Guilherme!

    ResponderExcluir
  10. Pooo, que inspiração foi está meninu???
    Confesso que a vida nem sempre retribui por aquilo que buscamos ou lutamos. Sonhar, acredito que todos nós sonhamos com uma pessoa meiga carinhosa, um verdadeiro amor, mas a vida real nos mostra uma realidade muito diferente, cabe a nós uma unica decisão, continuar a buscar alguém que faça nossa vida valer mais do que apena, ou desistir, eu ainda opto pela primeira. Adorei o texto. Abraço.

    ResponderExcluir
  11. Gui querido,
    Uma coisa é certa, o amor acontece quando a gente está distraído rs.
    Beijos
    Denise

    ResponderExcluir
  12. E é assim mesmo o ser humano, não gostamos de solidão, queremos, ansiamos por carinho, cuidado, amor.
    É uma busca sim, mas encontramos quando menos esperamos.. e merecemos o melhor, com certeza, Gui!

    Deixo um beijo pra ti, querido :*

    ResponderExcluir